Suplementação: Governistas não comparecem e sessão não é realizada

A sessão extraordinária convocada pelo executivo municipal para votação na quinta-feira (23), do projeto de lei pedindo autorização ao legislativo para a suplementação do orçamento 2012.  no percentual de 50%,  mais uma vez não aconteceu por falta de quorum. A decisão adotada pela direção municipal do PT – antecipada pelo Jequié Repórter – de que os dois vereadores da legenda votariam contra ao projeto, minou a possibilidade do executivo de conseguir os sete votos que necessitava para aprovação da matéria. Diante da situação adversa, mais uma vez não restou aos cinco integrantes do bloco governistas, outra alternativa que não fosse se ausentar da sessão para que ela não acontecesse por falta de número mínimo necessário de vereadores.

Parecer – O vereador José Wanderley (PT), negou veementemente a informação passada por fonte do próprio legislativo e divulgada no Jequié Repórter, de que ele iria subscrever parecer favorável à aprovação do pedido de suplementação solicitado pelo prefeito Luiz Amaral.  “Não é do meu conhecimento ter passado procuração a nenhum colega vereador ou qualquer outra pessoa para difundir essa informação em meu nome”, rechaçou.

Fonte: Jequié Reporter

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: