Vereadora Jovem trabalha em Manoel Vitorino

936249_194008884081869_1041988329_nA VEREADORA JOCINHA, COMUNICA A TODOS OS MORADORES DA CIDADE DE MANOEL VITORINO QUE O MUNICÍPIO JÁ DISPÕE DE ESCOLA TÉCNICA DE ENFERMAGEM . AS MATRÍCULAS JÁ ESTÃO ABERTAS E OS INTERESSADOS DEVERÃO PROCURAR (ANE OU CLAUDETE ), NA RUA GABRIEL DANTAS NOVAES,AO LADO DO CORREIO.
APOIO: VEREADORA JOCINHA E LENILTON LOPES

PARABÉNS JOCINHA LIMA PELO BOM TRABALHO QUE VEM DESEMPENHANDO EM SEU MUNICÍPIO, TEMOS CERTEZA QUE ATÉ AO FINAL DO SEU MANDATO, VARIAS MARCAS BOAS, VÃO FICAR EM MANOEL VITORINO.

Anúncios

Bahia terá quase 9 milhões de novas cédulas de R$ 2 e de R$ 5, aponta BC

Novas notas começaram a circular nesta segunda-feira em todo o país.
Em 2012, 24.141 notas falsas foram apreendidas; segurança agora cresce.

novas-cedulasAs novas cédulas, de R$ 2 e R$ 5, que começaram a circular nesta segunda-feira (29), vão ser substituídas aos poucos em todo o país. Na Bahia, vão ser 4,8 milhões de cédulas de R$ 2 e 3,6 mil de R$ 5, de acordo com o Banco Central.

Elas terão maior durabilidade graças a uma tecnologia que protege cada nota. É um verniz impossível de ver a olho nu, mas que torna o papel mais forte. De acordo com o Banco Central, a mudança pode aumentar para dois anos o tempo de duração das cedulas, que hoje é de um ano e dois meses.

“São cédulas que circulam muito, em todos os lugares, e, via de regra, ficam muito sujas e nos obriga a retirar de circulação em um prazo bem pequeno e o custo fica muito grande”, explicou o gerente técnico do BC, Télio Barroso.

As notas completam a chamada “segunda família” do Real. As de R$ 100, R$ 50, R$ 20 e R$ 10 foram lançadas nos últimos dois anos. As cédulas ficaram menores. O relevo nas figuras e a marca tátil no canto ajudam na identificação e difcultam a ação de falsificadores.

Em 2012, 24.141 notas falsas foram apreendidas na Bahia. Este ano, já são 11.210. “Veja a marca d´água, sintam o alto relevo colocado na cédula, aqui no disco, no número, em várias partes, e descubra o número escondido”, detalha o gerente.

No comércio popular da Avenida Sete, a água de coco sai por R$ 2. Por R$ 5, o cliente leva a capa para almofada. Maria de Fátima não se precoupa muito com o estado de conservação das cédulas que recebe como pagamento. “É pagou, guardou, passou”, diz.

O Banco Central aponta que a impressão das cédulas de R$ 2 da “segunda família” do realcustaram 1,4% a mais do que as cédulas da “primeira família”. Já no caso das cédulas de R$ 5, o aumento foi de 7,9%. Foram impressas 75 milhões de cédulas de cada valor. O custo unitário de ambas é de cerca de R$ 0,17.

Divulgado vencedor de edital de engenharia da ponte até Itaparica

Consórcio internacional ficou em 1° lugar com preço de R$ 22,5 milhões.
Concorrentes têm até cinco dias úteis para entrar com recurso.ponte_ssa_itaparica

Foi anunciado nesta terça-feira (30), pelo Governo da Bahia, o consórcio que deve elaborar o projeto básico de engenharia para a construção da ponte que promete ligar Salvador até a Ilha de Itaparica.

O grupo é formado pelas empresas Enescil (Brasil), Cowi (Dinamarca) e Maia Melo (Brasil) e deve ser responsável pelos acessos aos sistemas viários e pela reconfiguração da BA-001, ao sul da ilha.

De acordo com o governo, a seleção levou em conta a técnica do candidato e o preço indicado para a demanda. A nota do consórcio ficou em 9,68 e o valor em R$ 22,5 milhões. Os concorrentes têm até cinco dias úteis para entrar com recurso.

O segundo colocado foi o consórcio “Ponte Baía de Todos-os-Santos”, formado pelas empresas Concremat Engenharia, Hardesty & Hanover e Roughan & O’Donovan, com nota final de 9,6 e valor R$ 26,5 milhões.

A seleção foi realizada pelo Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Seinfra), da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra).

O governo informa que há a expectativa da ordem de serviço ser autorizada em 30 dias, com apresentação de estudos intermediários pelo consórcio e finais em até oito meses.

O consórcio vencedor deverá realizar estudos de alternativas para a ponte e a rodovia dentro da ilha, anteprojeto de engenharia, relatório que subsidiará o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), orçamento do investimento na ponte e reconfiguração da BA 001, além dos projetos básicos das alternativas selecionadas.

Médicos acusados de retirar órgão de criança podem pegar até 20 anos de prisão

Audiências ocorrem nesta quarta-feira (31) em Poços de Caldas, no sul de Minas

19_01_35_82_file

Devem começar nesta quarta-feira (1º) as audiências de instrução do Caso Pavesi, em Poços de Caldas, no sul de Minas. Sete médicos da Santa Casa da cidade respondem pela retirada de órgãos de uma criança de 10 anos que ainda estava viva. O processo se arrasta desde o ano 2000.

O juiz Narcísio Alvarenga Monteiro de Castro deve ouvir 29 testemunhas entre hoje e amanhã no Fórum da cidade. Em seguida, os três médicos suspeitos devem dar suas versões.

Eles respondem pelo crime de remoção de órgãos, com o agravante de prática em pessoa viva, e podem ser condenados entre oito e 20 anos de prisão.

Depois da série de oitivas, o juiz concede um prazo para alegações finais dos acusados e do Ministério Público e, em seguida, define a sentença.

Os médicos Celso Roberto Frasson Scafi e Cláudio Rogério Carneiro Fernandes, que integrariam o esquema na MG Sul Transplantes, foram condenados a oito anos de prisão em fevereiro deste ano por participação na morte de outro paciente, que também teve órgãos retirados. Além deles, Sérgio Poli Gaspar também responde ao processo.

Os advogados dos três médicos foram procurados para falar sobre o caso, mas não estavam em seus escritórios e não retornaram às chamadas.

Outros quatro médicos acusados do homicídio de Paulo Veronesi Pavesi devem ir a júri popular e recorreram da decisão. Este processo foi desmembrado.

Mãe volta para casa mais cedo e encontra professor de matemática da filha menor escondido debaixo da cama da garota

Policia foi acionada e deteve professor de 35 anos que agora responde por suspeita de abuso de menor.

mae-volta-para-casa-mais-cedo-e-encontra-professor-de-matematica-da-filha-menor-escondido-debaixo-da-cama-da-garota

Uma mãe resolveu voltar para casa mais cedo e encontrou sua filha de 16 anos na residência, no horário em que ela devia estar na escola. Desconfiada, ela subiu as escadas e foi até o quarto da garota, encontrando o professor de matemática da menina debaixo da cama.
Ela ligou para a polícia de Bolton (Inglaterra), e o rapaz de 35 anos de idade (que por razões legais não pode ser identificado) foi preso por suspeita de abuso de menor. Detetives interrogaram o professor por horas, e liberaram-no sob fiança até 15 de agosto.
O diretor da escola não quis comentar se daria suspensão ao professor. “A escola está cooperando plenamente com a investigação,” disse um porta-voz da instituição de ensino.

Assassinato em GO: suspeita de matar estudante admite à polícia ‘paixão doentia’

16_32_38_745_fileUm amor não correspondido motivou duas jovens a assassinar a estudante Bianca Manteli, de 18 anos, morta a facadas na segunda-feira (29) em Jataí, sudoeste de Goiás. As adolescentes, de 16 e 17 anos, confessaram o crime no momento em que foram apreendidas. Uma delas já namorou Bianca e afirmou ter um amor doentio pela vítima e que não se conformava com o fim do relacionamento.

 

 

Em três meses de instalação Cicom contabiliza resultados positivos em Jequié

Governador Jaques Wagner inaugura o Centro Integrado de Comunicações (CICOM) no município de Jequié. Foto: Manu Dias/GOVBAApós pouco menos de três meses em funcionamento, o Centro Integrado de Comunicações – CICOM, com sede em Jequié, tem trazido resultados importantes à comunidade local e das demais quatorze cidades atendidas por meio dos números de emergência 190 (Polícia Militar), 193 (Bombeiro Militar) e 197 (Polícia Civil). Através da informatização dos serviços e da integração entre os órgãos que compõe o sistema de segurança pública do Estado, trabalhando em conjunto único ambiente único, além da unificação das telecomunicações em toda a área de atuação, o cidadão tem ganhado em qualidade e eficiência. No  mês de julho o número de atendimentos  ultrapassou 8.600 e pela agilidade na transmissão das informações na região, no último dia 29/07, após ligação de um cidadão, a polícia fechou o cerco contra assaltantes de casas lotéricas nas cidades de Itiruçu e Lajedo do Tabocal.  Administrativamente, trabalhando com foco em indicadores de qualidade, são medidos mensalmente os tempos utilizados para os atendimentos, como tempo de atendimento à ligação do cidadão, tempo de repasse da informação ao efetivo policial, tempo de chegada do efetivo ao local, entre outros, que visam indicar os resultados alcançados e cobrar para que se possa chegar à índices ideais. Foram registradas algumas falhas de encaminhamento de ligações, principalmente na rede móvel 2G, em algumas operadoras, problemas que já foram resolvidos, porém, que não causaram interrupção dos deslocamentos de viaturas, que atualmente são efetivadas em média entre 1 e 2 minutos após a ligação finalizada, tempo necessário para verificar o efetivo mais próximo e informar sobre o fato.